Supernatural Wiki
Advertisement


Se está procurando pela pessoa e não pelo demônio, clique aqui: Meg Masters.

Vá salvar seu irmão... E meu unicórnio.
— Meg para Sam


Um demônio sem nome que se identifica pelo nome de seu vaso, Meg, é uma personagem recorrente na série. Inicialmente, Meg ao lado de seu "pai" Azazel tinham o plano de libertar o Arcanjo caído, Lúcifer, de sua Jaula, com a intenção de promover o Apocalipse Judaico-Cristão sobre a Terra. Depois que a missão dos demônios de trazerem o fim do mundo falhou, Meg começou a tentar derrubar o demônio Crowley do poder, que havia se estabelecido como rei do inferno depois da derrota de Lúcifer. Ela acaba ajudando os Winchester diversas durante a série, até mesmo se considerando uma pessoa "boa", enquanto Castiel parecia agora do "mal".[1] Apesar de tanto tentar escapar do Rei do Inferno, ela acaba sendo morta, ironicamente protegendo os irmãos Winchester que ela anteriormente queria destruir.

Personalidade[]

Aparência[]

A aparência de Meg antes de sua morte é desconhecida, já a sua forma incorpórea de demônio é a de uma fumaça espessa igual aos dos outros demônios. Quando está dentro de um vaso ela pode fazer com que seus olhos fiquem escuros igual o breu.

Ela já assumiu cerca de três vasos ao todo da série, incluindo Sam Winchester. Seu primeiro vaso era a de uma mulher de meia-idade com cerca de 30 anos, cabelo loiro e uma figura magra. Nesse vaso, ela corta o cabelo de Meg Masters deixando ele na altura do pescoço e aparecia usando uma jaqueta de couro. Em seu segundo vaso feminino, assim como no vaso anterior, Meg tem a aparência de uma mulher com cerca de 30 anos e traja roupas de couro. Seu cabelo inicialmente é escuro/castanho, lhe dando um estilo mais gótico, semelhante a última casca de Ruby, mas depois ela pinta para loiro. Durante a estadia de Castiel em um hospital, ela se vestiu de enfermeira para cuidar do serafim.

Historia[]

Meg é um demônio que estava trabalhando inicialmente para Azazel, que se referiu a ela como sua filha. Ela foi treinada por Alastair, como torturadora no Inferno.Ela é conhecida como Meg após o nome do host no qual ela aparece pela primeira vez, Meg Masters. O demônio tem olhos negros e outras características semelhantes às do demônio comum, embora ao longo do tempo, ela tornou-se mais poderosa. Quando ela aparece pela primeira vez ela trabalha para Azazel, que ela chama de "Pai ".

O demônio possuindo Meg Masters, é interpretada por Nicki Aycox, ela aparece pela primeira vez em "Espantalho", quando ela e Sam estão pedindo carona na estrada. Os dois se encontram novamente em uma estação de ônibus, e Meg afirma estar indo para a Califórnia para fugir de sua família. Ela incentiva Sam a ficar com raiva de Dean. Depois de Sam deixa-la para ajudar Dean, Meg mata um homem em uma van e "faz uma chamada" para o pai cortando a garganta do homem e drenando seu sangue em uma bacia de prata.

Voltando no episódio "Sombra", o demônio encontra Sam, desta vez em um bar em Chicago, onde ela rapidamente semeia discórdia entre Sam e Dean. Eles decidem se encontrar mais tarde. No entanto, Sam segue-a até um armazém onde a escuta falar com algo de uma forma mística, e ele diz a Dean o que ele viu. Eles chegam à conclusão de que ela foi quem convocou o Daeva (o mal desse episódio) e que ela poderia ter falado com Azazel. Meg captura os dos irmãos e revela que eles cairam em uma armadilha para atrair o pai deles. No entanto, os irmãos conseguiram se libertar e destruir o altar de Meg, libertando assim o Daevas que joga Meg de uma janela do armazém aparentando assim sua morte. Para a surpresa dos Winchesters, ela rapidamente se recupera e usa um amuleto para recuperar o controle do Daevas e os usa contra os irmãos, no entanto, eles conseguem escapar do ataque.

Mais tarde, ela ressurge mais uma vez em uma igreja, sendo imune a terra sagrada ja que pussui muitos poderes e logo mata um aliado dos Winchester o padre Jim Murphy. Mais tarde, ela chama Jonh, e, enquanto esta no telefone, mata um amigo dele. Ela ameaça matar mais um dos amigos de Jonh se ele não entregar a Colt para ela. Jonh concorda com o acordo, mas dá a ela e ao irmão demoníaco, Tom, uma arma falsa. Tom atira em Meg, que revela que a arma é falsa, fazendo John de refém. Furiosa e ansiosa para obter o verdadeiro Colt, ela vai para a loja Bobby Singer, onde confronta Dean, Sam e Bobby. Após o arrombamento, porém, ela inadvertidamente entra em uma Chave de Salomão, um círculo mágico que prende qualquer demônio que entra. Eles realizam um exorcismo nela, e ela é enviada para o inferno.

No entanto, o demônio consegue escapar do inferno, e em "Nascido num Signo Ruim" toma posse do corpo de Sam. Não se importando mais com a grande guerra, ela está à procura de vingança pela dor e sofrimento que ela foi submetida no inferno depois que Dean e Sam a mandaram para lá. Embora possuindo Sam, ela faz Dean pensar que Sam tornou-se mal, tentando incentivar Dean a matar Sam. Ela faz provocações sobre os sentimentos de John e também semeia discórdia entre os Winchesters, tenta matar Bobby, e com sucesso mata pelo menos um outro caçador. No entanto, o demônio fica novamente preso dentro da peça com símbolo de Salomão na casa de Bobby. Dean e Bobby fazem uma tentativa de exorcismo, no entanto por ter aprendido alguns truques no inferno ela se trancou dentro do corpo de Sam com uma marca de "ligação" esculpida em um braço de Sam. Ela começa a dizer uma magia durante o exorcismo, não mostrando sinais da dor que sofreu antes. O chão treme violentamente, e a chave de Salomão é quebrada. O demônio ataca Dean e Bobby, mas Bobby queima a marca de ligação, expulsando-a de corpo de Sam. Ela escapa através da lareira.

Depois do desaparecimento do demônio, o criador Eric Kripke pediu repetidamente aos escritores que ela voltasse. Considerando ela um "adversário realmente formidável" para os Winchesters, Kripke eventualmente desistiu dos outros escritores e escreveu-a para a estréia da quinta temporada, "Simpatia pelo Diabo". Com uma nova aparência, ela é interpretada por Rachel Miner. Um de seus ajudantes possui Bobby, que trabalha com os irmãos para tentar encontrar a espada que o arcanjo Miguel usará para prender Lúcifer no inferno. Após Dean dizer que ele acredita ter descoberto a localização da espada, ela e seus ajudantes o atacam. Bobby, no entanto, crava a faca em si mesmo e mata o demonio que o pussuia, Sam também chega e briga com Meg, Dean pega a faca e parte para cima de Meg mas o demônio sai do corpo de seu hospedeiro. Ela volta em "Abandonem a Esperança", possuindo novamente o último corpo que tomou, ela envia Cães do Inferno atrás de Sam, Dean, Ellen e Jo para impedoi-los de parar Lúcifer de cumprir a convocação de Morte, o ataque termina na morte de Ellen e Jo. O demonio ainda aparece a serviço de Lúcifer mantendo Castiel preso sobre um círculo de fogo sagrado, até que ele consegue empurra-la para o fogo.

Meg aparece no décimo episódio da 6ª temporada "Calor em Gaiolas",interpretada por Rachel Miner,ela e outros partidários de Lúcifer estão sendo caçados por Crowley,ela sequestra Sam e Dean para que eles lhe informem a localização de Crowley.Sam faz um acordo com ela:ela pode torturar e matar Crowley para conseguir informação sobre a alma de Sam.Samuel lhes diz onde é a prisão que Crowley leva os monstros que eles capturam,então os Winchester,Meg e Castiel se infiltram na prisão de Crowley,mas logo são descobertos por Cães do Inferno.Meg concorda em ficar para matar os Cães,então beija Castiel(ele retribui)quando se separam ela está com sua a faca de Castiel.Ela mata os Cães do Inferno,mas é capturada por um possuído Christian Campbell que a prende e começa a tortura-la.Meg ri da dor dizendo que seu hospedeiro é uma menina que se mudou para LA querendo ser atriz,e isso provavelmente não foi a pior coisa que aconteceu com ela.Enquanto está falando Dean mata Christian com a Faca da Ruby.Após capturarem Crowley com uma armadilha do diabo Meg começa a tortura-lo para conseguir informação sobre a alma de Sam.Quando Crowley fala que não pode recuperar a alma de Sam,Dean entraga a Faca a Meg para que ela o mate,mas Crowley consegue domina-la e usa a Faca para quebrar a armadilha do diabo,em seguida Castiel aparece com os ossos de Crowley,ele os queima matando Crowley,então Meg foge antes que Sam ou Dean possam mata-la. Ela reaparece na 7ª temporada,onde ajuda um Castiel desmemoriado,e usa o sobrenome 'Masters' de sua última hospedeira,quando se finge de enfermeira para trabalhar no hospital onde Castiel está,totalmente paranoico após começar a ter visões de Lúcifer. No final da temporada, ela e Kevin Tran são levados por Crowley,após Dick,Dean e Castiel irem para o Purgatório. Em "Goodbye,Stranger",ela aparece totalmente espancada e ferida por Crowley e seus demônios. É quem revela aos Winchester a origem da Tábua dos Anjos,junto com Sam,tenta atrasar os demônios,e impedi-los de chegarem até a tábua. Acaba sendo morta por Crowley,tentando impedi-lo de chegar até Sam e Dean. Crowley joga seu corpo no chão e olha para os Winchester,que fogem.

Poderes e Habilidades[]

  • Possessão
  • Telepatia & Telecinese
  • Teletransporte
  • Controle sobre Cães do Inferno
  • Conhecimento em Magia

Curiosidades[]

  • Meg é de Andover,Massachusets
  • Meg tem uma irmã que se suicidou depois de sua morte
  • Seu número de telefone é 312-555-0143
  • Meg foi possuída cerca de outubro de 2005
  • O verdadeiro nome do demônio que possuiu Meg ainda não foi revelado
  • O demônio que possuiu Meg é filho de Azazel e irmão de Tom
  • Nutre sentimentos por Castiel

Galeria[]

Referências[]

  1. Supernatural, temporada 8x17
Advertisement