Supernatural Wiki
Advertisement

Escrever é difícil, o mais novo livro é meio estranho, é estilo o personagem "Kilgore Trout" dele. Eu escrevi a minha pessoa no livro, eu escrevi a minha pessoa, na minha casa, confrontado por meus personagens
— Chuck para Dean


Deus, também conhecido por Chuck Shurley ou Pai (pelos anjos), é uma Entidade Primordial e o criador do Multiverso de Supernatural. No princípio, antes de qualquer coisa existir, não existia nada, e do nada veio A Sombra, Escuridão, Deus e a Morte. A Escuridão e Deus são irmãos gêmeos, que coexistem num estado de equilíbrio entre a luz e as trevas. Deus não gostava de só existir ele e sua irmã, e quis criar algo naquele vazio, mas a Escuridão não gostava da idéia de haver alguém mais além deles dois, então toda vez que Deus criava um mundo, ela destruía. Cansado da ignorância de sua irmã, Deus criou os quatro Arcanjos para o ajudar na feitura do cosmos.[1] Os cinco travaram uma guerra terrível contra a Escuridão, e depois dessa batalha, Deus prendeu sua irmã numa prisão chamada de A Marca, que ele para seu general mais confiável, Lúcifer. Depois da criação do Universo, a Marca revelou-se como maldição e começou a corromper o Arcanjo, e quando Deus criou a humanidade, o Diabo ficou com ciúmes do homem e se rebelou contra o Pai.[1] Lúcifer conseguiu persuadir o guardião do Éden, Gadreel[2][3][4] e entrou no paraíso. O resultado foi a queda da humanidade, Deus com raiva aprisionou o Diabo no fundo do Abismo Flamejante, a Gaiola de Lúcifer.[5][6] Depois de prender Lúcifer e aprisionar Gadreel na cadeias do Céu, Deus ficou meio afastado dos assuntos celestes.

Milhares de anos depois, Deus, agora sob o nome Chuck Shurley, ajudou parcialmente os irmãos Winchester no Apocalipse, no final da Batalha do Armagedom, ele desapareceu. Seis anos depois, devido a um poderoso feitiço feito por Rowena, a Marca que havia sido passado para Caim e mais tarde para Dean, foi aberta, e a Escuridão foi solta. Agora sob o nome de Amara e dentro de uma casca de uma mulher. A Escuridão tentou mais uma vez destruir tudo quanto o que Deus havia criado, mas depois de uma reflexão, ela percebeu que não queria o mal de seu irmão e fez as pazes com ele, e ambos foram embora.[7]

A ser editado:

Deus mais tarde retornou à Terra uma vez que ele recebeu a oração de Castiel, Chuck revelou que ele não tinha nenhum método para ajudar Jack e optou por matá-lo. No entanto, o Team Free Will viu através de seu truque e acusou-o de manipular eventos, resultando em ele pessoalmente matar Jack e mergulhar o mundo no caos para punir a humanidade pelo desafio. No entanto, durante o confronto, ele foi baleado por Sam com Equalizador , deixando Deus em um estado enfraquecido e diminuído. Ele logo se recupera e fica com força total. Sem que Deus saiba, Billie aproveitou a oportunidade para ressuscitar Jack e ajudar o jovem Nephilim a se tornar poderoso o suficiente para matar Deus, o que se revela ser um plano desenvolvido por Adão ao longo de 300.000 anos. Usar Jack para matar Chuck e Amara acaba sendo mais um dos planos de Deus para fazer os Winchesters matarem uns aos outros, embora no final das contas falhe.

Após sua tentativa final de fazer os Winchesters matarem uns aos outros, Deus se funde com Amara e começa a varrer todos da existência, planejando refazer o Multiverso. Os Winchesters ficam com Jack impotente e a maioria de seus aliados se foi, incluindo Billie, que planejava matar Deus para tomar o poder para si mesma. No entanto, eles ficam com o Livro da Morte de Chuck, que revela como Deus pode ser morto depois que a primeira tentativa falhou. Deus mais tarde é destituído de seu poder por Jack, tornando-o mortal e fazendo de Jack o novo Deus . Os Winchesters e Jack decidem deixar Chuck para viver uma vida mortal, eventualmente para envelhecer, adoecer e morrer, sozinho e esquecido.

Personalidade[]

Você está frustrado. Eu entendo. Acredite-me, eu estava soberbado, muito soberbado por... nossa... eras... Eu tinha tanta certeza que se eu aparecesse, ensinasse, punisse, as criaturas que eu criei... cresceriam. Mas permaneceu o mesmo, e eu vi que precisava me afastar e deixar meu bebê encontrar o caminho. Ficar envolvido demais não é ser pai é permitir.
— Chuck conversando com Dean


Eu cansei, Chuck. Eu mudei. Eu me adaptei. Eu me tornei uma versão melhor. E você? Você ainda é o mesmo - petulante, narcisista. Então... eu vou deixar você aqui.
Amara para Chuck


Como Chuck, Deus se mostrou uma pessoa honesta e educada, porém bem tímida, mas isso era apenas um disfarce. Deus em realidade é uma pessoa bem descontraída, geralmente sorridente e fazendo piadas.[8][9] Quando estava na sede dos Homens de Letras, ele se mostrou estar bem despreocupado enquanto Amara destruía o mundo, resgatando a Equipe Livre Arbítrio de última hora. Ele também mostrou não se importar com o fato de algumas pessoas não acreditarem nele, dizendo que introduziu livre arbítrio no "pacote" quando criou os seres humanos.[9]

Em uma conversa sincera com Dean, o Winchester o acusa de ter abandonado sua criação, porém Deus responde dizendo que inicialmente acreditou que se ele fosse rígido, castigasse e punisse, as pessoas iriam crescer, mas ele viu que não era assim que funciona, então para seus filhos crescerem, ele preferiu se afastar e deixar que seu bebê crescesse sozinho. Dean responde em lágrimas que apesar disso o mundo não ficou melhor, o qual Deus responde dizendo que na opinião dele, ficou sim. Dean responde dizendo que na opinião dele, Deus os abandonou e só quer se justificar, mas Deus lhe retruca dizendo: "Eu sei que sua criação foi complicada, Dean, mas não me confunda com o seu pai".[9] Mostrando que apesar de se afastar de sua criação, isso foi para respeitar o livre arbítrio e para que sua criação crescesse.

Apesar da personalidade descontraída e brincalhona, ele mostrou se preocupar bastante com sua família, principalmente com Amara, preferindo que ela destruísse toda a criação para evitar ter que matar ela. Ele também se mostrou arrependido de ter deixado Lúcifer ser corrompido pela Marca, chegando a pedir desculpas para o Arcanjo. Depois de voltar para o planeta, Amara afirma que ela mudou, se adaptou e "se tornou o melhor eu", mas Chuck ainda é o mesmo ser petulante e narcisista que sempre foi e então ela o está deixando lá na Terra.[10] Ao final da série, Chuck resolveu "limpar a lousa" e destruir todo o Multiverso, para depois começar tudo de novo. Segundo ele, já estava cansado de ver os fracassos de sua criações e queria começar do zero, ainda na visão dele, os humanos foram o seu pior fracasso e os anjos devotos um bando de tapados.[11] É razoável dizer que talvez a única pessoa que ele realmente ame seja sua irmã, Amara.

Aparência[]

Chuck mostra sua verdadeira forma para Metatron

A verdadeira aparência de Deus é misteriosa para quase todos os seres do universo, Anna menciona que apenas quatro anjos viram o rosto de Deus em essência (provavelmente os quatro arcanjos).[12] Aparentemente, a verdadeira forma de Deus é a de uma fumaça de luz branca com tons de azul[7], semelhante a forma incorpórea dos anjos.[13] Além dos quatro anjos, houve outros seres que viram o verdadeiro rosto de Deus, como sua irmã, Amara, e a Morte, já que ambos coexistiam juntos antes do início dos tempos. Metatron na temporada 11 viu o rosto de Deus e pela sua reação já tinha visto antes.[8][14]

A aparência da casca de Deus é a de um homem de meia-idade, entre os 40 a 50 anos, com uma altura de 1,73 metros. Deus nessa forma é uma pessoa bem bonita, sendo até paquerado por Rowena.[15] Ele tem um cabelo curto e uma barba um pouco bagunçada. Ele também possue olhos azuis e um físico forte. Deus considera essa forma um "presente" e também a considera "super fofa".[8]

Em suas primeiras aparições, Deus geralmente usava roupas não muito apresentáveis, aparecendo usando um roupão de banho por cima de uma camiseta branca, e nada cobrindo sua roupa de baixo.[16] No final do Apocalipse, ele usava uma camiseta social branca e um óculos no rosto, mas não se se ele precisa deles ou não. Durante os eventos contra Amara, ele aparece reaparece usando uma camiseta branca com as mangas verdes, e trajava uma jaqueta bomber masculina verde por cima. Em sua aparição durante sua conversa com a Amara durante a temporada 15, ele usava uma camiseta escura por baixo de um paletó vermelho, e também vestia uma calça preta.[11] Durante a batalha final, ele mudou um pouco seu traje, colocando uma camiseta e um paletó brancos, mas manteve a calça escura.

Quando Dean descreveu a aparência de Chuck para Fortuna, ela o reconheceu, o que deixa a entender que essa é a aparência de Deus por milênios. Além disso, em Alpha e Ômega, Castiel foi o sexto anjo a ver a face de Deus, pelo menos a de sua casca.[7] No entanto, é provável que Gadreel também já tenha visto seu rosto, já que como Metatron declara, ele era o anjo de confiança de Deus, o que mostra que ele tinha intimidade com o Todo-Poderoso.[17] O que colocaria Castiel como o sétimo anjo a ver a face de Deus.

História Antiga[]

Creatio ex nihilo - Deus criou a Terra do nada - ou é isso que o professor de catecismo quer que acreditemos. Antes de haver a Luz, antes de haver Deus e os Arcanjos, não havia nada, havia A Escuridão, uma força terrível, destrutiva e amoral que foi derrotada por Deus e os Arcanjos em uma guerra terrível. Deus trancou A Escuridão onde não podia fazer mal e ele criou A Marca para servir de fechadura e chave. Ele a confiou ao seu tenente mais querido, Lúcifer.
Morte sobre o início dos tempos para Dean


No principio não existia nada, nem céu, nem inferno, nem Criação, nem destruição, nem Deus ou Amara.[18] No entanto, esse nada foi preenchido mais tarde pela entidade chamada de A Sombra, depois por Amara e Deus, e mais tarde por Morte. Deus então cria mundos (universos) para mostrar para a sua irmã que eles não precisavam ficar sozinhos. Mas a Escuridão sempre acaba por destruir o que Deus criava. Deus então cria quatro Arcanjos: Miguel, Lúcifer, Rafael e Gabriel. Depois ele cria os Leviatãs, os primeiros animais. A Morte os achou pessoalmente divertidos, mas eles se provaram ser muito perigosos e destrutivos e então Deus os trancou numa dimensão criada pelo mesmo chamada de Purgatório.[19] Deus reuniu seus quatro filhos e declarou guerra contra sua irmã. Com sua força combinada, eles conseguiram aprisioná-la dentro da Marca; que Deus confiou para ser portada pelo seu filho mais amado, Lúcifer. A Morte permaneceu neutra em relação a guerra entre Deus e a Escuridão. Devido ao fato de que Deus e Amara não podem deixar de existir juntos, uma reação em cadeia insana foi causada, causando assim o famoso Big Bang que deu origem ao Espaço-Tempo.[20] Deus então definiu as leis da física e criou o Universo físico, além de criar dimensões espirituais, como o Céu com o Jardim do Paraíso no centro, e com o Axis Mundi como estrada pelos reino. Com o passar de bilhões de anos, um planeta chamado Terra veio a intençãonascer.

Deus então cria nesse planeta os seres humanos, sua maior criação. Deus ordenou que todos os anjos se curvassem para os seres humanos, e que os anjos os amassem mais do que a Ele.[5] Mas Lúcifer recusou, porque os considera falhos e imperfeitos, indignos de adoração.[5] Lúcifer declara guerra contra Deus, e pede o apoio de Miguel para isso, mas o Primeiro Anjo se recusa e o chama de aberração.[21][5] Miguel e Lúcifer batalham e o Primeiro Arcanjo expulsa seu irmão mais novo do Céu. Deus cria então um Paraíso terreno para proteger os seres humanos do atual Diabo. Lá ele colocou Adão, Eva e Lilith, e colocou seu soldado mais confiável para a missão de proteger o Jardim do Éden, Gadreel. Lúcifer no entanto, conseguiu persuadir o guardião do paraíso e conseguiu entrar no Jardim, onde corrompeu Lilith, e fez Adão e Eva comerem o Fruto Proibido, resultando em sua expulsão do Éden.[1]

Depois que os seres humanos começaram a se multiplicar sobre a terra, eles ao invés de adorarem Deus, começaram a adorar o sol, a chuva, o ventre e as estrelas. Isso inicialmente irritou Deus, mas ele viu ai uma boa oportunidade e acabou criando os Deuses Pagãos baseados nas crenças das pessoas para assumirem a culpa pelos infortúnios e para criar historias entorno deles.[22] A partir dai, os seres humanos desenvolveram diversas religiões e historias envolta de suas divindades. Deus acabou se cansando e abandonou as divindades pagãs devido ao seu ego. Muitos dos deuses pagãos acabaram se esquecendo da verdade sobre suas origens.

Período Bíblico[]

Na Bíblia muitos eventos foram ditos terem sido realizados por Deus, quando na realidade, foram obras dos anjos e de outros seres. Castiel mesmo diz que a Bíblia está mais errada do que certa[23] e Lúcifer quando lê a Bíblia diz que estava tudo errado e pergunta se ninguém confere os fatos, e ainda diz "Papai está realmente roubando minhas melhores falas, cara".[24] O Dilúvio foi enviado pela Morte em 2.320 a.C, apesar que Metatron deixa a entender que tal evento foi arquitetado por Deus, mas foi realizado pela Morte.[8] Em 2.200 a.C, a Torre de Babel com seus 11 metrôs acabou caindo, as pessoas consideraram isso um castigo divino, mas Castiel deixa claro que a queda ocorreu porque era feita esterco seco.[25] Castiel também confirma que a destruição das cidades de Sodoma e Gomorra foi realizado pelos anjos[26], mais tarde o próprio Deus também confirma que não foi ele quem realizou esse evento.[9] Em 1.320 o profeta Moisés recebe um Cajado especial com o qual ele realiza os grandes feitos no Egito e liberta os israelitas do cativeiro. É provável que tenha sido o Arcanjo Miguel quem apareceu para Moisés e para os demais profetas depois dele, já que como ele mesmo diz em Herdar a Terra: "Quando Deus deixou o céu, eu tinha certeza de seu retorno, então me certifiquei de que todos os anjos e profetas polissem sua imagem na Terra: o Deus que tudo sabe, tudo vê e que tudo cuida."[27]

No ano de 4 a.C, nasceu o menino Jesus, que aos seus 30 anos ficou conhecido como Cristo e o Filho de Deus. Jesus fundou uma nova religião chamada de Cristianismo, que nos anos 2 mil alcançou cerca de 2 bilhões de seguidores ao redor do mundo. Devido a isso, a adoração ao Deus Bíblico cresceu grandemente, e por causa do mandamento "não terás outros deuses" a maioria da adoração aos deuses pagãos começaram a perder força, e muitos deuses ficaram muito enfraquecidos, precisando colaborar entre si para sobreviver ou até viver entre os seres humanos.[28] No ano 70 d.C, o apóstolo João escreveu sobre as última profecias da Bíblia, que falavam sobre o Apocalipse, incluindo a vinda dos Quatro Cavaleiros do Apocalipse, do Anticristo, da Prostituta da Babilônia e da batalha entre Miguel e Lúcifer.

Século XXI[]

Sem dúvida, finais são difíceis. Mas afinal... Nada nunca acaba realmente, não é?
— Chuck para o telespectador em Canção do Cisne


Arco do Apocalipse[]

Chuck (Deus) no final da quinta temporada

Depois de Azazel libertar os demônios do Inferno, e Lúcifer ser libertado por Sam, o Apocalipse estava com sua estréia confirmada. Durante a libertação de Lúcifer, a verdadeira forma do Arcanjo se manifestou num jato de luz gigante que pode ser visto a metrôs ou até quilômetros de distância.[29] Dean e Sam quase foram engolidos pela poderosa aura do Diabo, mas antes que os dois fossem engolidos, milagrosamente os dois foram teleportados para um avião.[29] Castiel confirma que quem operou o milagre foi Deus, e então ele começou a procurar pelo Pai, porque acreditava que apenas Deus podia impedir o fim do Planeta. Na verdade, Deus já havia aparecido para eles, como o profeta Chuck, um disfarce do Criador. Como mais tarde confirmado pelo mesmo, só é possível reconhecer Deus em seus disfarces se ele quiser que isso aconteça.[8] Castiel mais tarde se encontra o Arcanjo Rafael, onde ele diz que "Deus está morto", mas Dean convence Castiel a não dar ouvidos ao Rafael.[30] Na procura por Deus, Dean e Sam acabaram morrendo e indo ao céu, após serem assassinados pelos caçadores Roy e Walt. No céu eles encontram o anjo Josué, que era conhecido por conversar com Deus, apesar que ele mesmo declara que era Deus quem falava com ele e Josué apenas escutava. Josué confirma que Deus está vivo e diz aos irmãos que o Senhor estava na Terra, no entanto. ele não tinha a intenção de parar o Apocalipse[31], o que acaba desanimando os Winchesters e Castiel. Ao final da Batalha do Armagedom, Deus revive Castiel e termina de escrever o último volume de Supernatural. ele olha para a câmera e fala com o telespectador e desaparece logo em seguida da cena.[32]

Chuck no final do episodio Fanfiction

Temporada 10[]

Deus depois do evento do Fim do Mundo se ausentou por um bom período dos assuntos terrenos, sua única aparição depois desse evento foi no final do episodio fanfiction, onde Chuck aparece depois de assistir ao musical de um grupo de fãs de Supernatural. O episodio termina com Marie correndo até o escritor e perguntando a ele o que achou da festa, ele responde dizendo "nada mal".[33]

Temporada 11[]

Chuck e Amara vão embora

Depois dos eventos envolvendo Dean sendo corrompido pela Marca, Rowena com a ajuda de Castiel e Crowley faz um feitiço que removeu a Marca do braço de Dean, o que acaba libertando a Escuridão.[34] Depois de Dean e Sam descobrirem que, em realidade a Escuridão era a irmã de Deus, Sam começou a orar para ver se Deus os ajudava nessa guerra. Sam então a receber visões e sinais divinos como uma sarça ardente, dando a entender que Deus estava respondendo suas orações. O Winchester interpretou que para vencer Amara, precisava da ajuda do general mais poderoso de Deus, Lúcifer. Sam vai até o Inferno onde conversa com o Diabo para ajudar eles na luta contra a Escuridão, e a Serpente revela que as visões do Sam não vinham de Deus, mas dele, e Lúcifer consegue convencer Castiel a deixar-lo usar sua casca. Metatron, que naquele momento era um humano, acabou sendo teleportado por Deus a um bar onde o mesmo estava, Metatron não o reconheceu e se dirigiu a ele por seu pseudônimo Carver Edlund. Metatron conversa com Chuck até que ele responde que Metatron não precisava ter queimado um de seus livros, confuso e sem entender como Chuck sabia disso, o escritor mostra sua verdadeira forma para Metatron que percebe que aquele era na verdade seu pai, Deus.[8] Após uma conversa longa com seu filho, Deus é convencido por Metatron a lutar contra a Escuridão e para poder parar a Escuridão ele ia precisar da ajuda de Lúcifer, e depois de uma conversa sincera, os dois fazem as pazes. Deus bola um plano com a Equipe Livre Arbítrio, com as Bruxas, Anjos e os Demônios, para lutarem contra a Escuridão.[15] Chuck quase conseguiu novamente selar sua irmã na Marca, mas ela atacou antes e conseguiu ferir ele gravemente, a ponto dele se comparar a um inseto sendo barrado por um para-brisa. Devido a Deus ter enfraquecido, o Universo estava desmoronando, Amara então se arrepende de ter machucado seu irmão e faz as pazes com ele, os dois então dão as mãos e vão embora da Terra.[7]

A ser adicionado...

Poderes e Habilidades[]

Eu posso fazer qualquer coisa, sou um escritor.
— Chuck para Becky Rosen


Deus é uma das entidades mais poderosas de Supernatural, sendo o criador e sustentador do Multiverso, ele detém um grande poder entre os personagens da série, sendo comparável apenas a outras entidades primordiais, como Morte, Escuridão e a Sombra. Ele até chega as ser por um momento o personagem mais forte da série depois se fundir com sua irmã, Amara.

  • Semi-onipotência - Como uma Entidade Primordial, Deus detém de um poder além do imaginável. Deus criou todo o universo, mas não apenas ele, Deus também criou o Purgatório, uma dimensão em algum sentido próxima do Inferno que é usada para aprisionar os Leviatãs, monstros terríveis que deram um poder tão grande a Castiel que ele podia matar um Arcanjo com um estalar de dedos.[19][35] Deus também criou o Inferno para onde as almas cruéis vão e também criou mais de bilhares de céus para abrigar as almas das pessoas boas.[31] Fora isso, ele também criou além do universo principal uma vastidão indefinida de universos paralelos, cada um contendo seus diversos céus e versões paralelas de personagens, incluindo dos arcanjos.[36][37] O poder de Deus é mencionado por Lúcifer ser igual ao de sua irmã gêmea, Amara, dita tendo um poder quase infinito.[38] Mais tarde é mencionado que a separação de Deus e a Amara causou o Big Bang e, se um dos dois forem mortos, isso levará não só o universo mas toda a realidade ao seu fim.[20][15]Devido a igualdade de Deus com Amara, é provável que Deus seja mais poderoso que a Morte, já que ficou nítido que mesmo a Morte tem cautela com a Escuridão, e o poder da Morte é tão grande que ela via uma divindade poderosa como Castiel com todas as almas do Purgatório e com os Leviatãs como uma mera mosca que ele poderia esmagar, obrigando Castiel a libertar o Cavaleiro para que ele poupasse sua vida.[19] Outro fato que pode levar a crê que Deus é mais poderoso que a Morte, é o fato de que ele criou as almas dos seres humanos e a Marca de Caim, duas coisas que a Morte afirmou que não pode matar (no caso da Marca, ele é incapaz de matar o usuário).[39][1] No final da série, Deus destrói o Multiverso que ele havia criado e ia recomeçar tudo de novo, depois ele se funde com a Escuridão, se tornando imensamente mais poderoso.[11] Deus menciona que pode fazer o que ele quiser desde que é um escritor, podendo controlar inclusive o tempo e o espaço.[40][11] No entanto, ele não é onipotente, algo que o próprio Metatron afirma ao dizer que os escritores da Bíblia gostam de acreditar que Deus é Todo-Poderoso podendo fazer tudo com um estalar de dedos.[41] Deus se mostrou ser mais fraco que a Escuridão, mas apesar disso, ele afirma que poderia matar ela com uma grande quantidade de luz, a Morte também foi dita ser capaz de matar Deus, apesar de ninguém saber exatamente como. Por fim, Deus foi derrotado e teve seus poderes absorvidos por Jack.
    • Criação: Criou todo o universo, bem como outros universos e dimensões/reinos paralelos, como céu, inferno, purgatório e etc. Ele também é o criou de quase todos os seres do universo,tanto diretamente quanto indiretamente, com raras exceções como os Quatro Cavaleiros do Apocalipse. Seus primeiros seres criados foram os Arcanjos, logo em seguida foram os Leviatãs, as primeiras bestas, incluindo Eve, a criadora dos monstros, que parece ter alguma relação desconhecida com os Leviatãs.[19][42] No inicio do universo, ele também criou os anjos e mais tarde criou no planeta terra os seres humanos.[43]
    • Manipulação do tempo: Como Deus é o criador dos anjos, ele provavelmente tem a habilidade de voltar no tempo. Deus é anterior ao próprio tempo, sendo também seu criador.
    • Ressurreição: Deus reviveu diversas Castiel do Vazio, como também reviveu as pessoas que haviam sido mortas pela corrupção de Amara. Mas, Deus é limitado nessa habilidade quando o assunto é reviver seres além dos anjos, já que ele disse que reviver um arcanjo levava tempo já que eles eram feitos de uma "matéria-prima da criação primordial".[15] Apesar disso, Deus já foi capaz de reviver Lúcifer do Vazio, mas o Arcanjo já estava acordado quando foi revivido.
  • Semi-Onisciência: Como mostrado quando estava disfarçado de Chuck Shurley, Deus está ciente de muitas coisas antes mesmo delas acontecerem, sendo ele quem escreve que elas devem acontecer. Ele até sabe o que as pessoas estão pensando, provado quando Dean estava lendo um dos livros de Chuck e lá estava escrito até o que Sam estava pensando, Sam fica surpreso por tudo estar certo e até diz: "o cara é bom".[16] No entanto, Deus não sabe de tudo, Deus admite por exemplo que nem ele poderia inventar algo tão delicioso quanto queijo nacho. Ele também tinha que se dar a habilidade de tocar violão e falar francês, já que ele não sabia como fazer os dois. Ele também se provou ser mais inteligente que Amara, conseguindo ganhar de sua irmã através de estrategia.[15]
  • Semi-Onipresença: TBA

Fraquezas[]

Mesmo que Deus seja um dos seres mais poderosos da existência, até ele tem suas próprias fraquezas.

  • Morte - A morte disse que iria ceifar Deus, mas não se sabe exatamente como.
  • A Escuridão - Apesar dos dois serem ditos serem iguais em poder bruto,[26] ela afirma que mesmo quando Chuck estava em seu auge ele seria capaz de obrigar ela a alguma coisa,[10] além de ter sido necessário a ajuda dos quatro arcanjos para poderem vencer ela. No entanto, é provável que isso seja devido que a fraqueza do Chuck é a escuridão, assim como a fraqueza de Amara é a luz, Deus também afirma que poderia mata-la se tivesse luz suficiente.[7] Com isso, é razoável dizer que Amara é "apenas um pouco mais forte" que seu irmão.
  • Existência Obrigatória Comprometida - Se sua irmã morrer, o desequilíbrio também resultará na morte de Deus e de toda a existência.

​Galeria[]

Curiosidades[]

  • A afirmação de Rafael sobre Deus estar morto é muito perigosa e se provou não ter sentido, uma vez que se Deus morre todos acabam morrendo junto com ele.[15]
  • Rob Benedict, ator que interpreta Chuck na série, mencionou que Deus em Supernatural é o avatar de Eric Kripke.[44] Além disso, seu pseudônimo "Carver Edlund" é a junção dos nomes de Jeremy Carver e de Ben Edlund, ambos roteiristas de Supernatural.
  • Deus gosta de música. Ele aparece cantando Fare Three Well que é uma música do gênero rock.[8]
  • Chuck é bissexual.[8]
  • Apesar de Rick afirmar que Jesus Cristo é o filho de Deus, quando mencionado que Amara era a irmã de Deus, Crowley indaga "irmã de Deus? Ele tem parentes?".[38] Dando a entender que Jesus não é filho de Deus.
    • Na novel de Supernatural: The Unholy Cause, Judas Iscariotes diz que Jesus não era nenhum Deus, enquanto Castiel discorda.
  • É revelado que a história contada pela Morte sobre a existência da Escuridão antes de Deus era uma mentira. Chuck e Amara são na realidade gêmeos e sua separação é o que causou o Big Bang.[20]
    • A afirmação da Morte sobre ser mais velha do que Deus provavelmente também é falsa, já que a Amara não conhecia a Morte.[34] E como dito anteriormente, nem a Amara é mais velha do que Deus, ambos são gêmeos e passaram a existir ao mesmo tempo.

Referências[]

  1. 1,0 1,1 1,2 1,3 Supernatural, temporada 10x23
  2. Supernatural, temporada 9x10
  3. Supernatural, temporada 9x9
  4. Supernatural, temporada 9x23
  5. 5,0 5,1 5,2 5,3 Supernatural, temporada 5x4
  6. Supernatural, temporada 9x11
  7. 7,0 7,1 7,2 7,3 7,4 Supernatural, temporada 11x23
  8. 8,0 8,1 8,2 8,3 8,4 8,5 8,6 8,7 Supernatural, temporada 11x20
  9. 9,0 9,1 9,2 9,3 Supernatural, temporada 11x21
  10. 10,0 10,1 Supernatural, temporada 15x2
  11. 11,0 11,1 11,2 11,3 Supernatural, temporada 15x17
  12. Supernatural, temporada 4x10
  13. Supernatural, temporada 12x8
  14. Supernatural, temporada 8x21
  15. 15,0 15,1 15,2 15,3 15,4 15,5 Supernatural, temporada 11x22
  16. 16,0 16,1 Supernatural, temporada 4x18
  17. Supernatural, temporada 9x9
  18. Supernatural, temporada 13x4
  19. 19,0 19,1 19,2 19,3 Supernatural, temporada 7x1
  20. 20,0 20,1 20,2 Supernatural, temporada 15x15
  21. Supernatural, temporada 5x10
  22. Supernatural, temporada 15x11
  23. Supernatural, temporada 5x6
  24. Supernatural, temporada 13x13
  25. Supernatural, temporada 6x20
  26. 26,0 26,1 Supernatural, temporada 11x10
  27. Supernatural 15x19
  28. Supernatural, temporada 3x8
  29. 29,0 29,1 Supernatural, temporada 5x1
  30. Supernatural, temporada 5x3
  31. 31,0 31,1 Supernatural, temporada 5x16
  32. Supernatural, temporada 5x22
  33. Supernatural, temporada 10x5
  34. 34,0 34,1 Supernatural, temporada 11x1
  35. Supernatural, temporada 6x22
  36. 14x20
  37. Supernatural, temporada 15x8
  38. 38,0 38,1 Supernatural, temporada 11x9
  39. Supernatural, temporada 6x11
  40. Supernatural, temporada 11x4
  41. Supernatural, temporada 11x6
  42. Supernatural, temporada 7x22
  43. Supernatural, temporada 13x7
  44. https://www.youtube.com/watch?v=wU8yuUuXSLo
Advertisement